• Publicado em

    Mulher encontra bilhetes que o marido deixou pela casa antes de morrer e se surpreende

    O caso esta emocionando milhões de pessoas pelo mundo.

    O marido de Lucy Kelsall morreu após travar uma difícil luta contra o câncer e ela ficou arrasada, ficando trancada por duas semanas chorando e sem ver razão para continuar vivendo. Depois, resolveu se levantar e tentar encarar a vida, e foi quando ela teve uma surpresa incrível.

    David havia deixado uma série de bilhetinhos pela casa, com lindas mensagens de amor. E as surpresas não pararam por aí, pois o marido também deixou seu sêmen congelado para que ela pudesse tentar uma gravidez in-vitro.

    Leia também: Henrique e Juliano se despedem de funcionário que morreu antes de show e mensagem emociona

    Esta história se parece muito com a do filme ‘P.S. Eu te Amo’, mas foi tudo verdade e Lucy resolveu revelar a história ao portal britânico The Sun, emocionando milhões de pessoas pelo mundo.

    Início desta história

    David e Lucy se conheceram em um centro de reabilitação. Ela não só conseguiu superar o vício, como também se tornou gerente do local. Assim que se viram, sentiram algo diferente, mas não era permitido aos pacientes ter algum relacionamento íntimo.

    Porém, quando terminaram o tratamento, logo engataram um namoro e o amor foi crescendo cada vez mais entre eles. Depois de alguns anos se casaram e começaram a fazer planos, mas o marido descobriu que estava com câncer. O tratamento não surtia efeito e a doença foi só avançando.

    David acabou perdendo a voz e foi quando começou a escrever bilhetes de amor para a esposa. Ela encontrou várias mensagens de amor escritas pelo marido após ele ter morrido, e cada recadinho lhe dava força para continuar vivendo.

    Agora, ela já está tentando engravidar por fertilização in-vitro e guarda os bilhetes com muito carinho, pois sabe que quando o desânimo bater ou a saudade apertar, é só ler as mensagens que seu marido deixou que terá as forças renovadas. Fonte/Russel/1 News

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.