• Publicado em

    Noiva deixa casamento para ir a delegacia após irmão ser preso em Anápolis

    Quando soube que o irmão havia sido preso, a noiva esperou o 'sim' e se dirigiu à unidade policial, enquanto convidados a aguardavam na festa.

    Segundo  informações do site ohoje, após saber que seu irmão havia sido preso, uma noiva deixou o próprio casamento para ir à delegacia atrás de notícias do jovem. O incidente ocorreu na noite do último sábado (23), em Anápolis. O rapaz, identificado como Luciano Pereira Lopes, de 28 anos, era esperado na cerimônia, mas não compareceu.

    Avisada do motivo, a mulher esperou o “sim” e se dirigiu à unidade policial, enquanto convidados a aguardavam na festa.A noiva conversou com o irmão, que estava dentro da cela, por cerca de uma hora.

    Uma foto tirada por plantonistas registrou um momento onde os dois aparecem de mãos dadas por entre as grades. Após a visita, a mulher foi para a festa de casamento.

    A prisão

    Após uma denúncia anônima a Polícia Militar foi informada que havia um carro com placa clonada circulando no Setor Industrial Munir Calixto, na região sudeste da cidade. O veículo, um Voyage preto, havia sido roubado em Terezópolis.

    Os PMs realizaram a abordagem e verificaram os dados de Luciano que constataram que o jovem á havia sido preso por tráfico de drogas e roubo anteriormente. Foi feita a revista na casa do rapaz onde foi encontrada uma espécie de “contabilidade” de tráfico de drogas.

    “Aí ele nos passou que essa maconha estaríamos em outra casa. Chegando lá, encontramos o Douglas [Carvalho de Oliveira, de 20 anos], que estava foragido desde outubro do ano passado da cadeia de Anápolis. Ele tinha sido preso por tráfico e dois homicídios”, explicou o major da PM Alexandre Saliba.

    Outros dois carros – um HB20 prata roubado em Goiânia e um Voyage branco roubado em Nerópolis – também foram apreendidos com a dupla. A Polícia Civil informou que os presos vão responder por associação para o tráfico, tráfico de drogas e receptação.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.