• Publicado em

    Nota de esclarecimento aos cidadãos caçuenses e da região

    A empresa promove investimentos diários de elevados valores para manutenção de seus equipamentos de tratamento de efluentes, higienização para proteção ao meio ambiente, respeitando a natureza que oferece vida.

    A KADÃO ALIMENTOS LTDA. vem a público esclarecer fatos afirmados contra a sua imagem e reputação, por pessoa extremamente mal informada que gerou, por rede social de comunicação (facebook), denúncia caluniosa de crime contra meio ambiente.

    Foi dolosamente divulgado falsa notícia – fake news – que a KADÃO ALIMENTOS LTDA. tem despejado resíduos de sua indústria no córrego denominado Agua Fria, gerando poluição à céu aberto com grave prejuízo à fauna e à flora.

    A KADÃO ALIMENTOS LTDA. mantem rigoroso tratamento de resíduos líquidos e sólidos derivados de sua indústria, não permitindo que haja qualquer risco de dano ao meio ambiente. É rotineiramente fiscalizada sem nenhum apontamento de irregularidade.

    Promove investimentos diários de elevados valores para manutenção de seus equipamentos de tratamento de efluentes, higienização para proteção ao meio ambiente, respeitando a natureza que oferece vida.

    O ponto de mortalidade de peixes, onde foi filmado os vídeos pelo denunciante estão distantes das coordenadas geográficas da empresa , e que cabem as autoridades investigar outros pontos de descarte clandestino dentro do córrego Agua Fria, ressaltando que nas proximidades da empresa não houve mortalidade de peixes.

    A imprudência da publicação de falsa acusação impõe estes esclarecimentos, e providencias outras que haverão de ser tomadas em respeito à comunidade local, para que seja melhor informada e protegida, sendo certo que, a KADÃO ALIMENTOS LTDA. provocará as autoridades competentes para identificação da autoria do dano ambiental em comento.

    Fonte:-Dep. Jurídico – Kadao Alimentos Ltda.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.