• Publicado em

    O mundo vai acabar (de novo) nesse sábado, dia 23?

    Mais um fim de mundo chegando!

    Eu e você já devemos ter sobrevivido a vários fins de mundo, meu primeiro foi o do ano 1994. De lá pra cá perdi as contas.

    Me lembro que eu estava jogando bola ou tentando porque sou o maior perna de pau e não tinha tomado café da manhã, comecei a me tremer e ficar tonto por volta das 11h, e disse pra mim mesmo: “tá cabano, óia”!

    Bom, não acabou e a vida seguiu. Mais recentemente a teoria/conspiração (leia) mais comentada é de um NUMERÓLOGO, chamado David Meade, autor do livro Planeta X.

    Segundo ele e seus cálculos o mundo deve acabar no próximo sábado, dia 23. Ele fez uma acoxambração muito biruta (desculpe a expressão mas é isso mesmo) com a idade do Cristo e o números de vezes que o nome de Deus foi citado no Velho Testamento,  transformado em dias e somados ao último Eclipse Solar, 11 de agosto, culmina no próximo 23 de setembro.

    Mas, e aí? Dá pra desmarcar os compromissos ou vamos ter que pagar aquele boleto segunda feira de todo jeito?
    Minha aposta é que a vida segue, a fila anda e a jiripoca pia, meu amigo!

    Ele também usou uma passagem bíblica de Apocalipse 12:
    1 E viu-se um grande sinal no céu: uma mulher vestida do Sol, tendo a Lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça.
    2 E estava grávida, e com dores de parto, e gritava com ânsias de dar à luz.

    E fez uma aproximação com a posição dos astros celestes no dia 23, o Sol estará em Virgem, vide a imagem abaixo, terá próxima à sua cabeça a constelação de Leão, que tem umas 9 estrelas mais brilhantes (e não 12), além disso, a Lua está próxima aos pés da Virgem e Júpiter está no seu movimento retrógrado, que seria o parto da mulher vestida de Sol.

    Sabemos que é um alinhamento raro, o último parecido aconteceu em 1909, e o mundo não acabou também.
    E como o mundo vai acabar? De acordo com ele o planeta Nibiru (ou Planeta X) está se aproximando e vai se chocar com a Terra.
    O autor da teoria defende que na verdade o mundo passará por grandes mudanças, pra amenizar sua culpa quando o mundo não acabar de fato, afinal ele precisa vender o livro dele.

    Ah, só pra lembrar, Planeta Nibiru NÃO EXISTE! Se houvesse qualquer planeta que orbitasse próximo à Terra a ponto de correr o risco de colisão os astrônomos (os cientistas de verdade) já saberiam pela perturbação gravitacional, da mesma maneira que os planetas Urano e Netuno, e o planeta-anão Plutão, foram descobertos, através da Matemática e da observação posteriormente.
    Já se programou para o fim de semana? Eu vou trabalhar no sábado e passear num lago com meu filho e minha esposa no domingo! Até!

    Você pode ver um pouco mais nesse vídeo.

    Mestre em Educação,
    Licenciado em Física,
    Eletrotécnico e
    Pai do Yuri

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.