• Publicado em

    Operação Solo Carta: DOT cumpre mandados de buscas em lojas da Rua 44

    Segundo levantamento da Secretaria da Economia, as fraudes causaram prejuízo de mais de R$ 13 milhões de reais.

    A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT), em parceria com a Secretaria da Economia e com apoio do GT3, deflagrou, na manhã de hoje (9), a Operação Solo Carta, que teve como alvo empresários e contadores estabelecidos na região do polo comercial da Rua 44, em Goiânia. Na oportunidade, foram cumpridos 7 mandados de busca e apreensão em lojas e escritórios de contabilidade.

    Leia Também: Assista como um bom suplemento alimentar para emagrecer age em seu corpo 

    As investigações apontaram esquema para venda de notas fiscais inidôneas para comerciantes da região da 44. Ficou constatado ainda que a organização criminosa criava empresas “noteiras” em nome de “laranjas” para emissão de notas sem o devido pagamento dos tributos. Foram apreendidos computadores, notas fiscais inidôneas, celulares, certificados digitais e outros documentos que comprovam a prática dos delitos investigados.

    Segundo levantamento da Secretaria da Economia, as fraudes causaram prejuízo de mais de R$ 13 milhões de reais, além da concorrência desleal e prejuízos as pessoas que tiveram seus nomes utilizados indevidamente. Os investigados responderão pelos crimes de sonegação tributária, uso de documento falso, associação criminosa e falsidade ideológica.

    Leia também: Você sabia que pode ganhar dinheiro vendendo “Bolos Caseiros da Vovó”?

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.