• Publicado em

    Padastro suspeito de abuso sexual contra enteada é preso pela PC em Morrinhos

    Conduta criminosa do suspeito teria se iniciado por volta do final de 2016, quando a vítima tinha apenas nove anos de idade; C.D.S. tem 35 anos

    Policiais civis da Delegacia de Morrinhos, coordenados pelo delegado Fabiano Henrique Jacomelis, cumpriram mandado de prisão preventiva em desfavor de C.D.S., 35 anos, por crime de estupro de vulnerável.

    No final de 2016, os investigadores receberam uma denúncia de que a vítima, que na data dos fatos tinha nove anos, sofreria de abuso sexual praticado por C.D.S., então padrasto da criança.

    Diante da gravidade dos fatos, e com base nas provas colhidas, foi elaborada representação pela prisão de C.D.S., a qual foi deferida pelo Poder Judiciário.

    Após a conclusão das investigações, os agentes conseguiram localizar e prender o suspeito. A pena de reclusão para o crime é de oito a 15 anos de reclusão.



    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.