• Publicado em

    Pai e filho são assassinados após confusão em bar; veja vídeo

    Confusão teria começado por causa de um esbarrão.

    De acordo  matéria do Portal O Tempo, pai e filho foram mortos durante uma confusão em um bar em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Câmeras de segurança do circuito interno do estabelecimento filmaram a briga e mostram o momento em que o homem se levanta da mesa e atira contra as vítimas (veja o vídeo no fim da matéria).

    O caso aconteceu em um bar na rua Padre Américo Cepri, no bairro Brasil, na madrugada de domingo (17). Flávio Eduardo Pacheco Silva, de 42 anos e o filho dele, Valdomiro Ferreira Pacheco, de 23, morreram no local. De acordo com uma testemunha, que estava na mesa do atirador, a confusão teria começado porque ele teria esbarrado em Flávio.

    O filho, Valdomiro, teria chegado para acalmar os ânimos e, por ora, a briga foi interrompida. No entanto, uma amiga das vítimas teria ido à mesa do autor para pedir desculpas e a confusão recomeçou.

    De acordo com o boletim de ocorrência, o dono do bar disse que as vítimas pareciam estar embriagadas e estavam incomodando vários clientes no estabelecimento.
    Segundo a testemunha, um outro homem na mesa teria uma arma no carro e foi o responsável por entregá-la ao autor.

    O vídeo mostra as ações a partir desse momento. Pai e filho estão novamente conversando com o autor, quando ele se levanta e atira primeiro no mais novo. Ele cai e o pai vai verificar a situação do filho, quando também é atingido.

    A grande maioria dos clientes do bar correm para fora do estabelecimento. Surpeendentemente, alguns clientes permanecem em suas mesas.

    De acordo com as testemunhas o autor saiu tranquilamente do bar juntamente com as pessoas em sua mesa e fugiu em seu veículo Honda Civic de cor preta.

    As testemunhas disseram conhecer o autor do crime, mas não souberam informar o nome completo do homem. Ele ainda não foi localizado e preso. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

    Veja o vídeo:

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.