• Publicado em

    Pais presos em Jataí suspeitos de esquartejar filha de 6 meses são indiciados e têm prisão convertida em MT

    Tiago Silva Lacerda e Raquel Araújo Dias devem responder por homicídio qualificado, maus-tratos, destruição e ocultação de cadáver.

    De acordo matéria do G1 MT, os pais da bebê de 6 meses que foi esquartejada e jogada em um poço, em Tabaporã (MT), foram indiciados e tiveram a prisão temporária convertida em preventiva. O inquérito, conduzido pelo delegado de Tabaporã, Albertino Félix de Brito, foi encaminhado ao Fórum da Comarca Municipal na última quinta-feira (6).

    A Reportagem não localizou a defesa dos suspeitos.

    De acordo com a Polícia Civil, Tiago Silva Lacerda e Raquel Araújo Dias devem responder por homicídio qualificado, maus-tratos, destruição e ocultação de cadáver.

    O casal está preso em Jataí (GO) e aguarda transferência para Mato Grosso.

    O crime, segundo a polícia, ocorreu no dia 27 de dezembro. Testemunhas disseram ter visto os suspeitos perto do Rio Sereno, em Tabaporã, com um carrinho de bebê.

    Depois, eles foram vistos sozinhos, sem a criança e sem o carrinho. Mais tarde, Tiago e Raquel foram flagrados pedindo carona na estrada. O carrinho da criança foi encontrado às margens do rio.

    Já o casal foi localizado em Jataí (GO). A polícia informou que eles confessaram o crime e indicaram o local onde enterraram partes do corpo da filha.

    Com a ajuda de um cão farejador do Corpo de Bombeiros, foram encontradas três partes do corpo da bebê. As duas primeiras foram dias após o crime dentro do poço.

    A terceira parte, que seria o crânio da vítima, foi encontrada no dia 16 de janeiro após os bombeiros esvaziarem o poço.

    Poço onde bebê de seis meses foi jogada pelos pais em MT — Foto: Arquivo pessoal

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.