• Publicado em

    Paraguaio é preso levando drogas escondidas nas coxas, em GO

    O acusado foi levado para a Polícia Federal em Jataí.

    O Comando de Operações de Divisas (COD) da Polícia Militar (PM) prendeu, nesta terça-feira (14), um paraguaio de 42 anos suspeito de tráfico de drogas, na GO-206 em Cachoeira Alta, região sul de Goiás. Um vídeo feito pelos policiais mostram que o homem levava 2 kg de pasta base de cocaína preso às coxas. Durante a ação, as equipes também deteram um homem, de 41 anos, e duas jovens, de 20 e 22, suspeitos do mesmo crime.

    O tenente da PM Renyson Castanheira contou que os quatro foram presos durante abordagens a veículos para evitar o tráfico de drogas.

    “A ação feita no sudoeste do estado busca reprimir entrada de drogas de outros países em Goiás. O paraguaio estava em um ônibus que vinha da cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, já o outro homem também em um ônibus, que havia saído deCampo Grande (MS). Ambos estavam a caminho de Brasília (DF). Já as moças iam de carro também de Campo Grande (MS) para Goiânia”, relatou ao Site .

    Segundo Castanheira, o paraguaio admitiu que a sustância seria vendida em Goiânia, assim como as mulheres que levavam, juntas, 25 kg de maconha na bagagem. Conforme o policial, elas afirmaram que eram garotas de programa e receberiam R$ 1 mil cada para levar a droga. O PM disse ainda que o homem transportava duas porções de maconha e uma de haxixe para Catalão, no sudeste do estado.

    “No caso do paraguaio, ele foi levado para a Polícia Federal em Jataí, porque neste caso, o tráfico de droga é considerado crime internacional. A embaixada deve ser informada da situação e ele pode ser deportado. Os demais estão detidos na Delegacia de Cachoeira Alta por tráfico de drogas”, esclareceu o tenente.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.