• Publicado em

    Perseguição policial termina com um bandido morto e três feridos

    Quadrilha composta por duas mulheres, ambas menores de idade, cometeu vários assaltos em Goiânia e Senador Canedo na tarde e noite desta segunda-feira

    Uma sequencia de pelo menos cinco assaltos – que começou na tarde desta segunda-feira (28/12) – terminou com o saldo de um criminoso morto e outros três feridos durante troca de tiros com a PM. Entre os feridos estão duas garotas, menores de idade, que também fazem parte da quadrilha.

    De acordo com o Subtenente Túlio, CPU de Senador Canedo, armados com dois revólveres calibre 38, os criminosos, que estavam em um Golf roubado, assaltaram pelo menos oito pessoas e um posto de combustíveis na Região Sudoeste de Goiânia. No final da tarde, os bandidos abandonaram o Golf, roubaram um Fiesta de uma mulher no Jardim América e seguiram para Senador Canedo, onde assaltaram o Posto Verde, de onde tomaram R$ 550,00 dos frentistas.

    Quando saíam da cidade, os quatro assaltantes começaram a ser perseguidos pelas equipes de Senador Canedo. Até chegarem no Jardim Brasil, em Goiânia, os bandidos efetuaram vários disparos, sendo que pelo menos dois atingiram uma das viaturas que participavam da operação.

    Cercados na Avenida Gameleira em frente a um condomínio de luxo, os criminosos continuaram trocando tiros com os militares, momento em que acabaram atingidos. O bandido que dirigia o veículo morreu no local, e os outros três, incluindo as duas adolescentes, foram feridos e encaminhados ao Hugo. De acordo com as primeiras informações, as garotas não correm risco, mas o outro bandido baleado está em estado grave.

    Como nenhum deles portava qualquer tipo de documentação pessoal, a polícia não conseguiu identificá-los. No veículo em que eles estavam foram apreendidos, além dos dois revólveres, 15 aparelhos de telefone celular, uma bolsa de mulher e os R$ 550,00 roubados no posto em Senador Canedo. “Só hoje eles fizeram mais de 10 vítimas com certeza”, afirmou o Subtenente Túlio

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.