• Publicado em

    PM Ambiental apreende animais silvestres abatidos e espingarda utilizada para o crime

    O abordado não forneceu nenhuma documentação que comprovasse autorização para tal feito.

    Por volta das 17h55min do dia 09 de fevereiro de 2017, durante bloqueio ambiental rural numa estrada vicinal próximo a GO-184, na altura do KM-43, município de Serranópolis/GO, a equipe da viatura 4681, composta pelo Tenente Marcelo, Sargento Enaldo e Sargento Marcos, obteve a informação de que na Fazenda Estrela do Sul o gerente desta praticava caça predatória de animais silvestres utilizando arma de fogo.

    Sendo assim, tal equipe deslocou ao local informado, sendo recepcionada pelo próprio autor, que confirmou o teor da denúncia realizada, pois minutos antes da chegada da equipe 2 (dois) javalis haviam sido abatidos ali, sendo estes localizados pelos policiais.

    O abordado não forneceu nenhuma documentação que comprovasse autorização para tal feito.

    Durante buscas, foi localizado um rifle calibre .22, número 23498, com uma munição intacta na câmara e mais 11 (onze) munições de calibre .22 intactas guardadas dentro de uma gaveta.

    Diante do flagrante, a equipe conduziu o abordado, juntamente com os materiais apreendidos à subdelegacia de Polícia Civil de Serranópolis, onde foi realizada a autuação em conformidade com o Artigo 29 da Lei nº 9.605/1998 (crime contra a fauna – abate de animal silvestre) e Artigo 12 da Lei nº 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento – posse irregular de arma de fogo de uso permitido).

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.