• Publicado em

    PM apreende “supermaconha” avaliada em R$ 400 mil no Sudoeste Goiano

    Foram encontrados 20 kg de skunk, uma erva geneticamente modificada e mais potente, e três quilos de maconha convencional

    A Polícia Militar de Goiás (PMGO) desencadeou uma operação, neste domingo de Páscoa (21/04/19), na região sudoeste do estado, que resultou na apreensão de um carregamento de drogas avaliado em R$ 400 mil. Um adolescente de 17 anos foi surpreendido transportando os entorpecentes pela rodovia GO-206.

    Leia também: Prefeito Vinícius Luz visita obra da Villefort Atacado e Varejo, em Jataí 

    Foram encontrados 20 quilos de skunk e três de maconha convencional. O garota flagrado pelos policiais alegou que adquiriu a droga na fronteira do Brasil com o Paraguai. Afirmou que iria levar o entorpecente até o Distrito Federal, onde seria comercializada.

    Trata-se de uma espécie de “supermaconha”, uma erva geneticamente modificada e mais potente do que a droga comum. Ela tem um odor mais forte (em inglês, skunk significa gambá) e concentração de THC – princípio ativo – mais intenso.

    A erva é cultivada em ambiente controlado, com iluminação e nutrientes adequados. Enquanto a concentração de THC na maconha é de 2 a 4%, no skunk é de aproximadamente 14% a 15%, podendo chegar a 30%.

    Assista ao Jornal Das 11;

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.