• Publicado em

    Polícia Civil apreende suspeitos da morte de taxista, em Mineiro

    O mentor do crime, maior de idade, ainda não foi localizado, afirma PC

    Menores foram localizados após a Polícia Civil receber informações anônimas

    De acordo informações da Verde Vale FM, na tarde desta quinta-feira (10), a Polícia Civil apreendeu três menores de idade, suspeitos de participarem no roubo e morte do taxista José Augusto Reinaldo de Moura, 27 anos, ocorrido na última segunda-feira (07) em Mineiros (GO).
    O corpo da vítima foi localizado no início da noite de quarta-feira (09). A prisão aconteceu graças a informações repassadas de forma anônima aos policiais que trabalham no caso. Um maior de idade, que também participou da ação, ainda não foi localizado. Os três menores foram ouvidos na Delegacia de Polícia Civil na tarde de hoje.

    Após a Polícia Civil receber a informação do desaparecimento de José Augusto, diversas ligações foram feitas para o Disk Denuncia, informando sobre os possíveis autores do fato. Identificados os suspeitos, a PC deu início as buscas e apreendeu os envolvidos. O agente de Polícia Franklin Jardel contou que, a princípio, a escolha do taxi tenha sido aleatória. “Eles ligaram solicitando o taxi com intuito de roubar e seguiram para a região da vaquejada, onde o de maior, de posse de uma faca, anunciou o assalto e já passou a faca no pescoço da vítima. Posteriormente o taxista foi colocado no porta malas do veículo”, explica.

    Já no local onde o corpo foi encontrado, cerca de 12 KM após a ponte do João Avelino, o suspeito, maior de idade, teria desferido outros golpes de faca na vítima e posteriormente o grupo abandonou o carro e o corpo no meio do mato. “Agiram com frieza. Os menores negam que tenham participado da morte, mas assumem participação no roubo. As investigações continuam para a devida apuração dos fatos. O crime chocou a comunidade e a Polícia Civil deu uma resposta rápida. Assim que concluído, o inquérito será remetido para o Judiciário para as providências necessárias”, diz.

    Coincidência?

    Sobre o veículo roubado ser o mesmo envolvido em outro crime da mesma natureza no mês de dezembro, o policial afirma que não está descartada a hipótese de haver uma ligação, mas que as investigações, no momento, apontam apenas para uma triste coincidência. “Até agora não conseguimos fazer essa ligação. Até o fechamento do inquérito nada é descartado. Mas tudo leva a crer que se trata de um crime de latrocínio mesmo”, conclui.

    Manifestação

    Também na tarde desta quinta-feira (10), taxistas e moto taxistas fizeram uma carreata pelas ruas da cidade pedindo punições para os envolvidos no crime. “A nossa categoria está assustada com o que vem acontecendo. Nossos familiares já não conseguem mais ter uma vida tranquila quando saímos de casa para trabalhar. Manter esses envolvidos presos é o mínimo que a justiça pode fazer pelos familiares do nosso amigo e por nós trabalhadores”, disse um do taxista que preferiu não se identificar. Texto Nilton Jr

    Vítima

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.