• Publicado em

    Polícia Civil prende acusado de estuprar duas mulheres com deficiência mental

    Caso seja condenado, o autor poderá pagar de 08 a 15 anos de prisão por crime.

    Neste sábado, 19, os agentes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher – DEAM – de Goianésia, na região Central de Goiás, Elton Alexsandre e Maico Lima, efetuaram a prisão de M.M.L, de 25 anos, acusado de estuprar duas mulheres, de 20 e 22 anos, respectivamente, que apresentam deficiência mental.

    A mãe de uma das vítimas, após descobrir o crime, procurou a Delegacia da Mulher que imediatamente iniciou as investigações. Segundo a polícia, constatou-se que as vítimas apresentam deficiência mental e que o rapaz se aproveitou da vulnerabilidade delas para cometer os delitos.

    Diante da gravidade do caso, a delegada Poliana Bergamo, representou pela prisão preventiva do acusado e o inquérito policial deverá ser concluído em 10 dias. M.M.L responderá pelo crime de estupro de vulnerável, pois as vítimas não possuem o necessário discernimento para a prática do ato. Se condenado, poderá pegar de 08 a 15 anos de prisão por crime.

    A delegada Poliana Bergamo, parabenizou os agentes de polícia e a escrivã, Joceny Leite,  que não mediram esforços para elucidar o caso e efetuar a prisão do suspeito.

    Com informações de Dener Rafael

    Foto: Reprodução Portal Meganesia

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.