• Publicado em

    Polícia Federal combate compra de votos e captação ilegal de eleitores no município de Serranópolis/GO

    A Polícia Federal em Goiás deflagrou hoje (24/10/2016) a Operação Pão e Circo para combater o abuso do poder econômico por meio da captação ilegal de sufrágio no município de Serranópolis/GO.

    As investigações evidenciaram a existência de um grupo de pessoas que se utilizavam da doação de cestas básicas, de combustíveis e de outras formas escusas (pagamentos de contas de água e energia), para fidelizar os eleitores de determinados candidatos no pleito municipal do dia 02/10/2016 configurando a compra de votos. Restou evidenciado também o uso indevido de CPFs de eleitores em prestações de contas eleitorais.

    Ao todo estão sendo cumpridas 11 (onze) ordens judiciais expedidas pela 18ª Zona Eleitoral de Jataí/GO, sendo 02 (dois) mandados de prisão preventiva e 09 (nove) mandados de condução coercitiva.

    Os envolvidos foram indiciados pela prática de captação ilegal de sufrágio (compra de votos) e falsidade ideológica eleitoral, previstos nos artigos 299 e 350 da Lei nº 4.737/65 (Código Eleitoral).

    O nome da operação faz alusão à política denominada Pão e Circo (manipulação de massas) que foi uma expressão utilizada pelo poeta romano Juvenal em sua “Sátira”, como forma de ilustrar o controle do povo pelos imperadores romanos através do fornecimento do pão (distribuição de trigo) e do circo (espetáculos).

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.