• Publicado em

    Polícia investiga homicídio que aconteceu na madrugada de sábado em Jataí

    Na ocasião duas pessoas foram baleadas em um local de eventos da cidade.

    Na madrugada de sábado (9/11), por voltas das 4 horas uma viatura da Polícia Militar foi acionada para atender uma solicitação de funcionários do Hospital das Clinicas de Jataí.

    Ao chegar ao local os policiais foram informados que naquele instante, deram entrada dois homens baleados por arma de fogo.

    No hospital com o apoio da CPE, os policiais tomaram conhecimento pela equipe de emergência que Mateus Oliveira Costa não resistiu ao ferimento que atingiu a região do tórax, e veio a óbito, a vítima segundo a PM  é conhecido por diversas passagens pela policia sendo elas por,  homicídio, receptação, trafico de drogas, e outros.

    Leia também: Prêmio Capes: estudantes podem concorrer a premiação de R$ 5 mil

    A outra vítima foi identificada como  Fabiano Jose de Souza, ele tomou um disparo de raspão nas costas, mas passa bem.

    O  segurança de onde ocorreu o crime e presenciou o momento dos disparos disse para os policias que estava na segurança do local conhecido pelo nome de ( ELITE) de propriedade de Mateus Oliveira Costa (vitima do homicídio consumado), quando apareceu três homens, e um deles portava uma resolver, na cintura, momento que Mateus Oliveira foi para a frente do comercio, e logo foi surpreendido por esse individuo armado, que efetuou vários disparos contra Mateus, e um desses atingiu Fabiano.

    A testemunha  disse ainda que não conhece o agressor e tampouco os outros que estavam com ele.

    Na qualificação foi verificado no banco de dados do CNJ, que existe um mandado de prisão preventiva em aberto de desfavor de FABIANO JOSE DE SOUZA, por isso ele foi apresentado ao delegado de plantão. O mesmo possui um mandado de prisão em seu nome, emitido pelo Estado do Mato Grosso do Sul e acabou sendo preso. O caso segue sendo investigado.

    Repórter Mari JTI

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.