• Publicado em

    Polícia prende idoso suspeito de matar jovem com 15 facadas em Itu

    Ele estava foragido desde a data do assassinato, em 2014

    A Polícia Civil do Paraná prendeu, nesta terça-feira (13), o pedreiro Agenor Alacrino da Silva, de 53 anos, suspeito de esfaquear e matar a jovem Fabiana Graeff, de 24 anos. O crime ocorreu em dezembro de 2014, em Itu, interior de São Paulo.

    De acordo com as autoridades, Agenor morava há pelo menos seis meses no bairro Piçarras da cidade de Guaratuba, no litoral norte paranaense. Ele estava foragido desde a data do assassinato.

    Segundo informações do R7, o assassinato aconteceu no meio da rua com golpes de faca. Mesmo casado há 30 anos, Agenor era obcecado pela jovem, que era vizinha dele. Na delegacia, o criminoso disse que tinha um caso com ele e que surtou ao saber que ela estava com outro.

    O suspeito vai ser transferido na próxima semana ao sistema penitenciário de SP.




    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.