• Publicado em

    Polícia prende suspeitos de matar jornalista a pauladas em Goiás

    Foram presos um homem de 35 anos e um adolescente de 17 anos suspeitos de terem matado o jornalista no dia 28 de dezembro.

    De acordo matéria da Rádio Bandeirantes, a equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Abadia de Goiás prendeu nesta quinta-feira (07) um homem de 35 anos e um adolescente de 17 anos suspeitos de terem matado o jornalista Eduardo Ramos Jordão, de 77 anos. O jornalista foi encontrado morto em sua casa, em uma chácara, em Abadia de Goiás, na noite de 28 de dezembro de 2020.

    O veículo do jornalista foi localizado no dia 30 de dezembro do ano passado, no Jardim Itaipu. O homem investigado foi alvo de mandado de prisão temporária cumprido em Aparecida de Goiânia. Já o menor infrator foi apreendido em Abadia de Goiás. A Polícia Civil trabalha com a hipótese do crime de latrocínio.

    De acordo com a Polícia Civil, Eduardo foi assassinado a pauladas e teve alguns objetos roubados. Além de jornalista, Eduardo Ramos Jordão era artista plástico, poeta e cantor.

    Vitima: jornalista Eduardo Ramos Jordão.

    Repórter Mari JTI

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.