• Publicado em

    Policiais argentinos tiram fotos de um suposto extraterrestre

    A questão que fica no ar é: se a polícia viu um ser tão extraordinário, por que não tirou mais fotos, ou mesmo gravou um vídeo?

    De acordo com uma notícia publicada no site argentino diarioprimeralinea.com.ar, a polícia de Corrientes, na Argentina, fotografou um suposto extraterrestre em 13 de setembro. O evento teria ocorrido em uma localidade chamada “Parque Mitre”.

    Um grupo de policiais do Comissariado n.º 4 teria sido chamado até uma área onde um grupo de jovens relatou ter visto a estranha criatura. Quando os policiais chegaram ao parque e tentaram entrar em contato com a “pessoa”, logo perceberam que se tratava de um ser de aparência estranha, como de um extraterrestre…

    De acordo com a reportagem publicada no vídeo abaixo, a suposta criatura teria pulado nas águas do Rio Paraná quando a polícia tentou se aproximar.

    Devido as inconsistência da notícia, penso que temos 3 opções para o ocorrido:

    O grupo de jovens decidiu pregar uma peça na polícia, disfarçando um de seus membros –  o mais magrinho – de ET, o qual se jogou no rio ao ver a polícia chegar, e a polícia não teve tempo de tirar mais fotos, ou registrar o ocorrido em vídeo.

    Alguém decidiu forjar uma foto (e somente uma) de um ET, assim terá seus 15 minutos de fama, e logo o caso será esquecido.

    Trata-se de um verdadeiro extraterrestre, que fugiu amedrontado para o rio e, nesta opção novamente, a polícia não teve tempo de registrar adequadamente o ocorrido.

    Se for o caso número 3, então não se tratava do ET do filme ‘Sinais‘, pois aqueles de nós que assistiram o filme vão lembrar que ele não gostava de água.

    ovnihoje



    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.