• Publicado em

    Policiais Militares apreendem 02 armas de fogo e carne de animal silvestre

    A operação aconteceu durante o patrulhamento pela GO-341, na altura do KM-7, próximo ao município de Caiapônia-GO.

    Por volta das 15h30m desta terça-feira, 14, a equipe de policiamento ambiental rural terrestre (tenente Marcelo, sargento Enaldo e sargento Marcos) durante o patrulhamento pela GO-341, na altura do KM-7, próximo ao município de Caiapônia-GO, recebeu a denúncia anônima de que o funcionário de determinada empresa estaria praticando caça predatória de animais silvestre com uso de arma de fogo.

    Desta forma, os policiais militares deslocaram ao local do fato e, ao abordarem um homem e questioná-lo sobre a denúncia recebida, ele apresentou as armas de fogo (um rifle calibre 22, sem numeração e sem marca, com um carregador municiado com 04 munições intactas e uma na câmara, e uma espingarda calibre 32, sem numeração e sem marca).

    Ao proceder a busca nas instalações, a equipe encontrou aproximadamente 10 quilos de carne de animal silvestre (possivelmente da espécie “queixada”) que, segundo o abordado, este animal fora abatido por ele. Foi encontrado também mais 06 (seis) munições intactas de calibre 22 e uma cápsula de mesmo calibre (totalizando 11 munições intactas e uma deflagrada).

    Havia também 02 munições intactas de calibre 32. Ato contínuo, a equipe conduziu o homem, as armas, as munições e a carne de animal silvestre até a delegacia de polícia de Caiapônia, sendo autuado pelo artigo 12 (posse irregular de arma de fogo de uso permitido) da Lei 10.826/2003 – Estatuto de Desarmamento, combinado com o artigo 29 da Lei 9.605/1998 – Lei de Crimes Ambientais – Crime Contra a Fauna (abate de animal silvestre).

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.