• Publicado em

    Policial pede para estuprar filhas da amante como ‘prova de amor’

    Em rede social, ele tenta convencer a mãe a dopar as duas menores para que elas durmam e o ato seja consumado

    Uma adolescente de 14 anos divulgou, através do whatsapp, uma conversa entre sua mãe e o amante — um policial militar — em que o homem pede para fazer sexo com a jovem e sua irmã, uma criança de apenas quatro anos de idade, como ‘prova de amor’.

    A menina flagrou o bate-papo no celular da mãe e, temendo ser estuprada, gravou um printscreen (imagem abaixo) e repassou o arquivo para uma terceira pessoa não identificada. Em seguida, a conversa viralizou rapidamente na internet. O nome do PM e da mulher envolvidos no caso não foram divulgados para que a investigação não seja prejudicada.

    No diálogo, o policial tenta convencer a mãe a dopar suas duas filhas (4 e 14 anos) para ter relação sexual com as menores. Ele se compromete ainda a levar o medicamento necessário para fazer as meninas dormirem e afirma que a concessão da mãe no ato seria uma prova que ela realmente o ama. O homem também teria confessado que fazer sexo com ela e as filhas ao mesmo é um “sonho” e “obsessão” que ele nutre há algum tempo.

    “Hoje à noite você terá a chance de me dar a maior prova de amor do mundo, que é sua própria filha”, diz a mensagem. “Ela é virgem, ela que tem que escolher com quem vai perder a virgindade, não eu”, argumenta a mulher. “Se você deixasse, dava para fazer tudo e ela nem acordaria. Ninguém nunca saberia, só eu e você. Realiza esse sonho meu, eu ia acabar de vez com essa obsessão”, rebate o PM.

    De acordo com informações dos portais paraibanos Correio e Diário do Sertão, o policial militar investigado mora no Ceará, mas integra o 14º Batalhão, em Sousa, no sertão do estado da Paraíba e atua na corporação paraibana desde 2009.

    Em depoimento realizado na manhã desta ultima quarta-feira (30), o policial militar envolvido no caso confessou que tentou convencer a amante e mãe de duas meninas, 4 e 14 anos, a dopar as garotas para ter “relação sexual” com elas.

    Ele foi afastado da Corporação até que as investigações sejam concluídas.

    A confissão foi confirmada pelo comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, major Rômulo Ferreira de Araújo.

    Leia Também:

    Após pedido de estupro de suas filhas como prova de amor, mulher foge da cidade

    Vazam na web fotos de Stênio Garcia e a mulher nus

    Macabro; sepultura de mulher é violada em Mineiros, e o corpo retirado do caixão. A mulher morreu após tirar sua própria vida nesta segunda-feira (28).

    Eduardo Costa conta que já brigou nas “mãos” com o sertanejo Rick

    Mensagem de menino morto para os pais comove internautas: ‘Ainda com vocês

    ‘Além do tempo’: Lívia conta a Felipe que é neta de Vitória

    Printscreen:

    policial militar filha pb
    Adaptações Plantão JTI
    Fonte/pragmatismopolitico

    Assista:

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.