• Publicado em

    Prefeito de Serranópolis é cassado em segunda instância

    Além de Lidevam Ludio de Lima (PSDB), o vice-prefeito, Cleosmar de Almeida (PR), também foi cassado.

    O prefeito de Serranópolis, Lidevam Ludio de Lima (PSDB) , teve o mandato cassado nesta terça-feira (04/09), Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

    Além de Lidevam, o vice-prefeito, Cleosmar de Almeida (PR), também foi cassado.

    A acusação  respectivamente, é pela prática de abuso de poder econômico (art. 22, XVI, da Lei Complementar nº 64/90), captação ilícita de sufrágio (art. 41-A, da Lei 9.504/97) e aplicação de multa por propaganda eleitoral irregular (art. 37, §§1º e 2º da Lei 9.504/97), nas eleições de 2016. O acórdão do TRE/GO deu-se no julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (processo/autos nº 520-86.2016.6.09.0018) proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral).

    Assim que notificados o prefeito e o vice-prefeito deverão deixar seus cargo. O comando do município ficara por conta do Presidente  da Câmara Ailton Pereira de Medeiros.

    Em entrevista a Radio Difusora de Jataí, Lidevam Ludio de Lima disse que vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.