• Publicado em

    Prefeito eleito Vinícius Luz retira o projeto que taxa a iluminação pública

    Depois de horas de discussão em um plenário lotado a chamada COSIP é retirada.

    Na noite desta quinta-feira (16), no Plenário João Justino de Oliveira da Câmara Municipal de Jataí aconteceu a Audiência Pública que discutiu a instituição da Contribuição Sobre Iluminação Pública (COSIP). Em um plenário lotado, como a muito tempo não se via, estiveram presentes algumas autoridades políticas, setores organizados da sociedade e jataienses contrários à contribuição.

    Depois de colocar os vários investimentos públicos aplicados no município Vinícius falou do descompasso orçamentário entre despesas e receitas, ou seja a falta de verba para que o jataiense tenha mais qualidade nos serviços públicos o que foi a justificativa para que o prefeito eleito colocasse em pauta a criação desta contribuição.

    audiencia-001Vários foram as intervenções de vereadores e cidadãos, consequentemente sugestões e algumas saídas interessantes para que a COSIP fosse retirada,  duas dessas sugestões, uma sugerida pelo sargento aposentado do EB Sebastião Divino Elias de que fique no município a taxa de Custo Mínimo cobrada pela SANEAGO nas contas de água, por outro lado o vereador Thiago Maggione, que se manisfestou contrário à cobrança, sugeriu diminuir, no primeiro momento, a redução do Duo Décimo  (valor repassado pela Prefeitura para a Câmara dos vereadores) de 12 milhões para 8 milhões. O qual seria elevado para 14 milhões.

    No final da Audiência ficou acertado a redução do Duo Décimo, que passará não para 8 milhões, mas sim para 10 milhões, redução esta em troca da retirada da COSIP. Segundo Vinícius Luz, a redução do Duo Décimo não resolve o problema financeiro do poder público municipal, mas  dará um folego para que se ganhe tempo para estudos de novas medidas que visa mais austeridade no governo municipal de Jataí.

    Por Gideone Rosa/Jataí News

    Assista a matéria;

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.