• Publicado em

    Presa por matar amante do pai diz que só queria “dar uma surra” na vítima

    Mulher que espancou amante do pai até a morte enquanto população filmava diz que a vítima debochava de sua mãe, fazendo ‘sinal de chifre’ quando a via a esposa do amante na rua.

    A jovem de 20 anos que espancou e matou a amante do pai na cidade de Manaus no último fim de semana foi apresentada à imprensa pela polícia na manhã desta quarta-feira (14). Miliane Moraes dos Santos negou ter feito ameaças à jovem Francisca, de 19 anos, e garantiu que só queria bater na mulher.

    “Ela diz que não queria ter cometido o crime e que queria apenas dar uma surra na vítima “, afirmou em coletiva de imprensa o delegado responsável pelo caso, Paulo Martins. Miliane se apresentou à polícia na companhia de um advogado e garantiu que apenas cometeu o ato porque Francisca, que era amante do padrasto dela, ameaçava a mãe dela.

    Leia também: Enade 2019: instituições de ensino têm até 30/08 para retificar informações 

     “Quando minha mãe passava de carro ela jogava pedra, fazendo sinal de chifre, debochando”, disse Miliane. A irmã da vítima, por sua vez, disse que a algoz já tinha tentado ferí-la, inclusive, jogando um carro por cima dela.

    Miliane foi encaminhada ao Centro de Detenção Provisória Feminino de Manaus e deve responder por homicídio.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.