• Publicado em

    Preso suspeito de abusar sexualmente de criança por sete anos, em Goiás

    Crime começou quando a vítima tinha sete anos. Caso condenado, homem pode pegar até 15 anos de reclusão

    A Polícia Civil de Morrinhos efetuou o cumprimento do mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de N. A. C., na tarde desta segunda-feira (21), pela prática do crime de estupro de vulnerável.

    No início do mês, a vítima, atualmente com 14 anos de idade, acompanhada de sua mãe, compareceu à delegacia e noticiou que, desde os 7 (sete) anos de idade, vinha sofrendo abusos sexuais praticados pelo investigado N. A. C.

    Durante as investigações, foi efetuada representação pela prisão preventiva de N. A. C., a qual foi devidamente decretada pelo Poder Judiciário e cumprida ontem. No momento em que cumpriam o mandado de prisão, os policiais civis conseguiram apreender uma espingarda, calibre 22, além de 48 munições de mesmo calibre, as quais estavam na residência do investigado.

    N.A. C. foi autuado pela prática do crime de posse ilegal de arma de fogo e munições, cuja pena pode atingir 3 anos de detenção e por estupro de vulnerável, crime o qual poderá ser condenado a até 15 anos de reclusão.

    As investigações continuam para que a Polícia Civil possa averiguar se existem outras vítimas de abuso sexual. Via PC

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.