• Publicado em

    PRF apreende laticínio impróprio para o consumo humano em Goiás

    A PRF suspeita que a carga seria distribuída para supermercados e panificadoras de Anápolis e Goiânia.

    De acordo informações do Inspetor Newton Moraes, a PRF apreendeu na madrugada desta quinta-feira (28) na BR 153, em Uruaçu, cerca de 600 kg de queijo impróprio para o consumo humano.

    Tudo começou quando agentes da corporação abordaram uma caminhonete Toyota Hilux que era conduzida por um jovem de 22 anos, ao fiscalizar o veículo, a polícia encontrou a carga de queijo, na carroceria da caminhonete, coberta por uma lona de plástico.

    Ao examinar o laticínio, por não ser transportado em veículo refrigerado, os policiais perceberam que boa parte do produto exalava mau cheiro, com coloração atípica, deteriorado e com presença de mosquitos.

    Leia também: Homem é preso acusado de tráfico de drogas em Jataí 

    Segundo o condutor do carro, ele comprou a mercadoria de pequenos proprietários da zona rural de Campinorte para alimentar suínos de criadores em Ceres, pela carga ele pagou cerca de 7.000, 00 reais.

    A PRF suspeita que a carga seria distribuída para supermercados e panificadoras de Anápolis e Goiânia.

    O homem foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil em Uruaçu onde foi enquadrado em crime contra as relações de consumo humano.

    A Vigilância Sanitária foi acionada e considerou o produto impróprio para o consumo humano.

    Fique informado assista o Jornal das 11;

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.