• Publicado em

    PRF reforça policiamento de olho na segurança dos veículos e na conduta dos motoristas neste carnaval

    A Polícia Rodoviária Federal deflagra a Operação Carnaval a partir desta sexta-feira (21), com reforço concentrado no policiamento em trechos de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade até a próxima quarta-feira de cinzas (26). O esforço de fiscalização tem o objetivo de proteger vidas e garantir aos usuários das rodovias federais segurança, conforto e fluidez do trânsito.

    Durante o período de festividades de carnaval o fluxo de veículos e de passageiros nas rodovias federais se intensifica, acompanhado de maior consumo de bebidas alcoólicas, fatores que contribuem para o aumento da violência no trânsito, elevando a gravidade dos acidentes.

    Policiais rodoviários federais estarão empenhados em coibir condutas perigosas, que geram maior risco ao trânsito ou aumentam a possibilidade de consequências graves em caso de acidentes, como a não utilização do cinto de segurança, o transporte inadequado de crianças, a má conservação e ineficiência dos equipamentos do veículo, as ultrapassagens proibidas, a mistura de álcool e direção, entre outras.

    Preocupada com o aumento de ingestão de bebidas alcoólicas no período das festas carnavalescas, a PRF reforça aos motoristas que a tolerância para quem dirige depois de beber é zero, a multa é de quase R$ 3 mil e a pena para quem se envolver em acidente grave sob efeito de álcool é de prisão.

    O clima chuvoso em Goiás também acende o alerta da PRF para intensificar as fiscalizações aos equipamentos obrigatórios, sistemas de freios e de sinalização dos veículos. Portanto, o órgão ressalta o dever de responsabilidade que os condutores devem ter com os veículos antes de pegarem a estrada. Estado dos pneus, limpador de para-brisas, farol, lanternas traseiras e freios são alguns exemplos de precauções às quais os viajantes devem se atentar.

    Carnaval 2019

    A Operação Carnaval de 2019 aconteceu entre os dias 1º e 6 de março, quando a PRF atendeu 43 acidentes que deixaram 49 pessoas feridas nas rodovias federais que passam por Goiás. Nenhuma morte aconteceu nas Brs goianas no ano passado. A violência nas estradas nesse período, entretanto, mantém os policiais vigilantes: nos últimos cinco anos aconteceram 332 acidentes, 49 pessoas ficaram feridas e 17 morreram.

    Restrição de tráfego para veículos de carga

    A PRF restringe a circulação de determinados veículos de carga nas rodovias de pistas simples em alguns dias e horários do feriado, devido ao aumento do tráfego no período. A medida busca garantir maior fluidez e segurança nas rodovias federais que cortam o país.

    Os veículos de carga que excedem o peso e ou as dimensões regulamentares não poderão trafegar em Brs de pistas simples na sexta-feira (21) das 16h as 22h; no sábado (22) das 06h as 12h, na terça (25) das 16h as 22h e na quarta (26) das 06h as 12h.

    Quem descumpre a restrição de trânsito comete a infração do artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). É uma infração média, com multa no valor de R$ 130,16. O condutor autuado perderá 4 pontos na carteira e só poderá seguir viagem após encerrado o horário da restrição.

    Abertura
    A abertura oficial da Operação Carnaval acontecerá a partir das 10h desta sexta-feira (21) na unidade da PRF em Hidrolândia, na BR 153, em parceria com o Hospital de Doenças Tropicais (HDT) e o Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO). Servidores da saúde vão orientar os viajantes sobre os cuidados para prevenir as doenças virais, incluindo o coronavírus, importante alerta especialmente para quem estará em locais com aglomerações de pessoas. Outra preocupação dos profissionais da saúde é com as doenças sexualmente transmissíveis, que tem altas incidências nessa época e o aumento de casos de HIV nos últimos anos é alarmante. Uma equipe disponibilizará exames gratuitos e o acolhimento adequado nos casos necessários.

    Servidoras do tribunal de Justiça e da secretaria municipal de políticas para mulheres de Goiânia estarão com as equipes da PRF esclarecendo sobre a Lei da importunação sexual nos ônibus e veículos abordados.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.