• Publicado em

    Procon de Jataí solicita abertura de inquérito policial após relatório de preços de compras e vendas de combustíveis na cidade

    O objetivo do inquérito é de analisar possíveis práticas de cartel – combinação de preços – entre os estabelecimentos de combustíveis da cidade.

    De acordo informações repassadas pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Jataí, após apurar os preços de combustíveis em Jataí e de analisar notas fiscais de compra e venda realizada pelas distribuidoras locais, durante o período de 07 a 13 de novembro deste ano – ocasião em que foi constatada um aumento de até 129% na margem de lucro bruto do produto em comparação aos preços praticados em fevereiro deste ano.

    Compartilhe esta matéria e concorra a R$ 500 reais. (clique aqui e veja as regras)

    O coordenado do Procon de Jataí, Célio Borges Martins, entregou na última segunda-feira (04) o relatório dos preços de compra e venda ao delegado Regional da Polícia Civil, Éderson Bueno Garcia, e solicitou abertura de inquérito policial, com o objetivo de analisar possíveis práticas de cartel – combinação de preços – entre os estabelecimentos de combustíveis da cidade.


    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.