• Publicado em

    Quadrilha de Jataí é presa após cometer assalto em Santa Rita do Araguaia

    “Jataizão tá difícil”, disse um dos detidos...

    Na noite desta última terça-feira (27), a Polícia Militar de Portelândia (GO) em conjunto com a Polícia Militar de Mineiros (GO) e a Companhia de Policiamento Especializado (CPE) prenderam um grupo de cinco suspeitos que havia cometido horas atrás um assalto em uma Farmácia na cidade vizinha de Santa Rita do Araguaia (GO), a cerca de 90 km de Mineiros.

    Segundo cabo Almeida de Portelândia, a informação chegou através dos companheiros de fardas de Santa Rita, dizendo que indivíduos haviam assaltado o estabelecimento comercial e que teriam saído em fuga sentido a Mineiros, imediatamente a equipe da CPE foi acionada para dar apoio à ocorrência, já que a informação havia chegado dizendo que no veículo Uno, estariam cinco indivíduos armados com facas e armas de fogo.

    11921807_988809877835752_8490884443774234397_nA abordagem aos suspeitos só foi executada quando eles encostaram no Posto Passarinho, que fica 5 km do trevo de Portelândia, com eles, a Polícia encontrou uma grande quantidade em dinheiro, mais de R$ 3.000 mil em cédulas e moedas. Ainda segundo a Polícia, o veículo usado pelos suspeitos para cometerem os crimes, também é produto de furto.

    Foram presos, Hercules Bruno Ferreira da Costa, Rodrigo Plácido Vilela Silva, Iltair Duarte Pereira, Walison Souza de Assis além, de um menor de idade, CECM, de 16 anos.

    Eles confessaram que saíram de Jataí, de onde são, para assaltar em cidades pequenas pela a facilidade ser bem maior, inclusive o efetivo policial ser menor. “Jataizão tá difícil”, disse um deles. Segundo a PM, eles são ‘figurinhas carimbadas’ da Polícia jataiesse e agora vão para cadeia novamente.

    11951893_988808444502562_1027627108368993327_n

    Adaptações Plantão JTI
    Com informações Depto Jornalismo Verde Vale
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.