• Publicado em

    Reviravolta no caso do Youtuber que atirou em residência de homem que chamou a mãe dele de macaca

    Morte de amigo em acidente ‘desmascara’ youtuber que deu tiros contra ‘racista’.

    De acordo matéria do Portal BHAZ, o youtuber Derick Silverio mais conhecido como SilverCop deu o que falar, ao longo desta semana, após publicar um vídeo em que atira contra um suposto vizinho depois de o homem ofender a mãe dele a xingando de macaca. As imagens rodaram o Brasil e repercutiram principalmente por conta da denúncia de racismo. Agora, no entanto, o caso sofreu uma trágica reviravolta: Silverio dirigia um carro quando bateu na traseira de um caminhão e um amigo dele de 30 anos morreu, ontem (7). A vítima seria o mesmo homem que aparece nas imagens como o alvo dos disparos. Ou seja, toda a situação não teria passado de uma farsa.

    O acidente que terminou com a morte de Renato Kleim, amigo de Derick, ocorreu na altura da cidade de Campo Largo, no Paraná. Ele chegou a ser socorrido no local, mas não resistiu aos ferimentos. O youtuber e alguns amigos voltavam de Balneário de carro quando ele bateu contra o caminhão. Kleim estava no banco ao lado do motorista. Ele era casado, deixa esposa e dois filhos, um de 6 e outro de dois anos.

    Em um vídeo publicado pelo site 1News, Derick confirma o acidente e diz que gravará explicações em breve, mas até a publicação desta reportagem não havia se pronunciado. O BHAZ fez contato com ele nesta sexta (8), mas as ligações não foram atendidas. Nas imagens divulgadas, ele conta que saiu do município para “baixar um pouco a poeira” relacionada ao vídeo em que faz os disparos. Apesar disso, não explicitou se o homem alvo do confronto é mesmo Renato Kleim.

    A informação de que o alvo dos tiros e Renato são a mesma pessoa surgiu do policial militar Lucas Mourão, também do Paraná. O soldado, que possui um canal no YouTube, divulgou um vídeo em que diz desmascarar Derick. Ele conta que Renato Kleim é o homem confrontado pelo rapaz e que a imagem foi borrada justamente para não mostrar que todo o caso foi produzido.

    No conteúdo, o soldado Mourão ainda diz que Derick deu risada no hospital mesmo depois da morte do amigo e desafia o youtuber a mostra as imagens sem censura, para que todos vejam o rosto do suposto racista. Veja abaixo:

    Logo que o vídeo com a suposta denúncia de racismo viralizou, a Polícia Civil do Paraná informou que não havia sido acionada para o caso. No entanto, a corporação garantiu que uma investigação apuraria os fatos.

    O velório de Renato Kleim e sepultamento de Renato Kleim serão realizados hoje na cidade de Terra Rica, também no Paraná. Nas redes sociais, amigos e familiares prestam homenagens e dão o último adeus a ele.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.