• Publicado em

    Serial killer de Goiânia é julgado mais uma vez

    Ao todo as penas impostas ao ex-vigilante somam 663 anos e 10 meses, por 28 assassinatos, um assalto e porte ilegal de arma de fogo.

    Tiago Henrique Gomes da Rocha está julgado, nesta quinta-feira (20), pela morte da jovem Bruna Gleycielle de Sousa Gonçalves. O crime aconteceu no dia 8 de maio de 2014, em um ponto de ônibus da Avenida T-9, no Setor Jardim América, em Goiânia. A vítima esperava o ônibus ao lado de um colega de trabalho, quando foi atingida no peito. Com informações do Diário do Estado.

    A sessão está sendo realizada no Fórum Cível, presidida pelo juiz Eduardo Pio Mascarenhas da Silva, titular da 1ª Vara Criminal de Goiânia. Ao todo as penas impostas ao ex-vigilante, que ficou conhecido nacionalmente como serial killer de Goiânia, somam 663 anos e 10 meses, por 28 assassinatos, um assalto e porte ilegal de arma de fogo.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.