Publicado em

Sistema Educacional Brasileiro é criado pelo MEC

As informações vão subsidiar a emissão da ID Estudantil.

Nesta segunda-feira (21), o Ministério da Educação (MEC) anunciou a criação do Sistema Educacional Brasileiro (SEB), uma iniciativa que visa criar um banco de dados nacional dos estudantes. Com o sistema inédito, as informações vão auxiliar a emissão da ID Estudantil. De acordo com o MEC, a criação do sistema foi formalizada no Diário Oficial da União (DOU) através de uma portaria.

Leia também: Contagem regressiva Enem 2019: dentro de duas semanas começam as provas do exame

As instituições de ensino precisam indicar um representante para abastecer o sistema, para assim, dar continuidade na implantação. Devem ser informadas as seguintes informações: dados pessoais do corpo docente e discente dos estabelecimentos de ensino; a matrícula e a frequência do aluno; histórico escolar do estudante, além de informações relacionadas com a formulação, a implantação, a execução, a avaliação e o monitoramento de políticas públicas.

ID Estudantil

A ID Estudantil é a carteira do estudante – física ou digital – que vai ser lançada dentro de 46 dias. Nela, há informações do aluno como nome completo, foto recente, número do CPF, data de nascimento e nível ou modalidade de educação e ensino.

A ID Estudantil poderá ser utilizada por todos os estudantes da educação básica, profissional, tecnológica e superior. Com o documento, os estudantes têm direito a pagar meia-entrada em shows, teatros e demais eventos culturais.

*Com informações do MEC

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.