• Publicado em

    Soldado da Força Nacional suspeito de matar namorada já tinha sido denunciado por ex por ameaça, em Jataí

    Juiz determinou que Josimar Silva continue preso. Para a polícia, ele alegou que tiro foi acidental e aconteceu durante uma briga.

    O soldado da Força Nacional de Segurança Pública Josimar Pereira Silva, de 29 anos, que está preso suspeito de matar a namorada, já tinha sido denunciado, duas vezes, por ameaçar de morte outra namorada, em Jataí, no sudoeste goiano. Os casos foram registrados há cinco anos.

    Para a Polícia Civil, ele alegou que o tiro que matou Nathalia Lima Costa, de 25 anos, foi acidental.

    A reportagem entrou em contato com o Ministério da Justiça, responsável pela Força Nacional, e aguarda um posicionamento sobre a situação do militar . Na sexta-feira (10), o órgão tinha informado que já havia instaurado uma investigação e o processo para “desmobilização imediata” do profissional.

    Nathalia foi encontrada morta na quinta-feira (9), no quarto de Josimar. O soldado fugiu do local do crime, mas se entregou no dia seguinte e acabou preso em flagrante. Fonte/ G1

    Assista ao Jornal Das 11;

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.