• Publicado em

    Suposto Pastor evangélico trai esposa com cantora da igreja.

    Fotos muito comprometedoras estão circulando pela internet e whatsapp.

    Segundo informações do site O Fuxico Gospel trata-se de um caso extra conjugal de um pastor do município de Vilhena, em Rondônia, com uma cantora da Assembléia de Deus, a jovem Priscila Yasmin Castilho.

    Pastor Antônio, que é casado e trabalha como assessor do prefeito de Vilhena mantinha relações com Priscila, que várias vezes faziam algumas declarações carinhosas publicamente no perfil de facebook do pastor.

    Alguns sites dizem que ela chegou a postar as fotos por engano. Ainda não sabemos a época em que as fotos foram tiradas nem se a esposa o largou, mas o pastor Antônio ainda mantém a foto de casado na capa da rede social. Acima, também seguem as fotos em que Priscila  Yasmin Castilho está, inclusive, cantando na igreja.

    Entramos em contato com o pastor, a esposa e Priscila, mas ainda não obtemos retorno.

     

    Homem que aparece em foto intima de casal, não é Pastor

    IMG-20150512-WA0110Já o site Rondocristão tem uma outra versão para o caso, segundo informações do site as imagens intimas de um casal que estão circulando pelo estado de Rondônia foram divulgadas  através de um web jornal do município de Vilhena que fica cerca de 700 km da capital Porto Velho.

    O veículo afirma que o homem que aparece nas imagens seria um pastor e supostamente estaria tendo um caso extraconjugal com uma fiel da igreja. Quem aparece nas imagens é Antônio Manoel (PSC), é ex-vereador do município.

    A equipe do Rondocristão entrou em contato com a igreja Presbiteriana Renovada de Vilhena para esclarecer os fatos, de acordo com Fernando Paulo que é o Pastor presidente da igreja no município, Antônio deixou de ser pastor faz alguns anos, e era apenas membro, seguindo a legislação da igreja Manoel foi desligado da instituição. Mesmo após muito tempo, algumas pessoas ainda tem o costume de chamá-lo de Pastor Antônio.

    As imagens vazaram na internet faz mais de 60 dias, e o caso tem repercutido de maneira constrangedora para os cristãos e a família dos envolvidos.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.