• Publicado em

    Suspeito de homicídio em câmpus da UFG é preso temporariamente

    Vítima morreu após levar quatro tiros o Câmpus 2 (Samambaia) em Goiânia.

    Está preso temporariamente na Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) P.H.G.C., o suspeito de participação na morte de Luiz Carlos Pereira Castro, no dia 5 de junho, no Câmpus 2 (Samambaia) da Universidade Federal de Goiás (UFG). A apresentação do suspeito será nesta terça-feira (17/7).

    Luiz Carlos foi atingido por quatro disparos de arma de fogo no rosto, tórax e abdômen, o que causou hemorragia aguda e a morte da vítima no local do crime.
    Filmagens das câmeras de segurança do câmpus revelaram que a vítima chegou ao local acompanhado de dois indivíduos, eles sentam em um banco e, poucos minutos após, um dos indivíduos se levanta e dispara contra a vítima. Os dois investigados saem correndo e entram num veículo Toyota Etios de cor branca.
    Interrogado pela polícia, o suspeito disse que o homem que estava com ele foi o autor dos disparos e que ele acabou morrendo durante um confronto policial no dia 8 de junho, em Caldas Novas. O suspeito afirmou ainda que não sabia das intenções do parceiro.
    As investigações continuarão para confirmar quem foi o autor dos disparos e para se chegar à real motivação do homicídio. Via A Redação

     

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.