• Publicado em

    Temer anuncia 5 medidas para encerrar paralisação de caminhoneiros

    Presidente fez pronunciamento na noite deste domingo (27)

    presidente Michel Temer anunciou na noite deste domingo (28) uma série de medidas para tentar colocar fim à paralisação de caminhoneiros de todo o Brasil.

    Confira:

    . O preço do óleo diesel terá redução de R$ 0,46 por 60 dias. A queda corresponde aos valores do Pis/Cofins e da Cide somados. “Para chegar a esses R$ 0,46, o governo está assumindo sacrifícios no orçamento e, naturalmente, honrará essa diferença de custo, sem nenhum prejuízo para a Petrobrás”, anunciou o presidente.

    . Após 60 dias, só haverá reajustes mensais. “Assim, cada caminhoneiro poderá planjear melhor seus custos e o valor do frete. É a chamada previsibilidade.”

    . Isenção da cobrança do eixo suspenso nos pedágios das rodovias federais, estaduais e municipais.

    . 30% dos fretes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) ficarão a cargo de caminhoneiros autônomos;

    . Estabelecimento de uma tabela mínima de frete, conforme prevista no projeto de lei 121, que está em análise no Senado.

    “Gostaria de reforçar que as medidas negociadas e assinadas pelos ministros e pelas lideranças seguem valendo. Entre elas, apenas para citar uma, está o acordo de que não haverá reoneração da folha de pagamento do setor de transporte rodoviário de carga”, disse Temer.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.