• Publicado em

    Tragédia em escola: estudante baleada por colega está paraplégica

    Isadora, de 14 anos, é uma das cinco pessoas feridas pelo colega de sala do Colégio Goyases, que matou outros dois alunos

    estudante de 14 anos que foi baleada pelo colega de escola em Goiânia, internada no Hospital de Urgências de Goiânia desde a última sexta-feira (20), está paraplégica. Segundo informações do G1, Isadora de Morais teve uma lesão na medula, responsável por comprometer definitivamente o movimento das suas pernas.

    “A adolescente apresenta uma lesão na medula espinhal, no nível da 10ª vértebra da coluna torácica, que comprometeu os movimentos dos membros inferiores de forma definitiva. A paraplegia já havia sido diagnosticada no dia de sua admissão”, disse o boletim divulgado pela assessoria de comunicação do Hospital nesta quarta-feira (27).

    A adolescente continua internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Também seguem hospitalizadas, em estado regular, as alunas Marcela Macedo e Laura Flery, que também foram feridas no ataque a tiros promovido por um colega do 8º ano do Colégio Goyases, na última sexta-feira (20).

    Os disparos efetuados pelo adolescente de 14 anos mataram João Pedro Calembo e João Vitor Gomes, ambos de 13 anos, que nem chegaram a ser socorridos e morreram no local. No total, cinco pessoas ficaram feridas.


    Via Noticias ao Minuto
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.