• Publicado em

    Três meninas foram estupradas durante rituais de Magia negra em Caiapônia

    Durante operação da Polícia Civil um líder religioso e a avó das garotas foram presos nesta manhã.

    Três meninas  entre 7 e 13 anos, foram estupradas durante rituais de magia negras em Caiapônia, no Sudoeste Goiano.

    De acordo informações da Policia Civil um líder religioso e a vó das meninas foram presos na manhã desta sexta-feira (4), acusados de serem os autores do crime.

    Em entrevista a TV Anhanguera o  Delegado responsável pela investigação que já durava  cerca de cinco meses disse;  “Esse líder, de 42 anos, diz que não era ele quem cometia os abusos, e sim a entidade que ele incorporava”.

    Leia também: Homem é preso após matar mulher em motel

    Ainda de acordo com o Delegado  avó das crianças, de 49 anos, tinha um relacionamento extraconjugal com o líder da seita. Os crimes aconteciam em um acampamento na zona rural da cidade.

    Nas barracas foram encontrados diversos símbolos religiosos e roupas que seriam usadas nos rituais. Vários documentos também foram apreendidos. “Esses estupros eram relatados em diários, que foram aprendidos. Eram os mais variados tipos de relação sexual, que eram tratados como sacrifícios”, disse o delegado.

    A mãe das garotas começou a desconfiar do comportamento das filhas e da insistência da avó delas em ficar com elas em casa. Após pressionar as filhas para saber o que estava acontecendo “As próprias vítimas relataram que eram levadas para o barracão onde eram obrigadas a manter relação sexual com esse líder religioso. Elas também eram ameaçadas pela avó”, contou.

    Repórter Mari JTI

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.