• Publicado em

    Turistas são encontradas decapitadas em montanha

    As duas turistas estavam viajando há um mês pela África

    Duas turistas da Escandinávia foram encontradas decapitadas nesta semana no Marrocos. A dinamarquesa Louisa Vesterager Jespersen, de 24 anos, e a norueguesa Maren Ueland, de 28, foram encontradas numa área isolada na região montanhosa de Atlas. Um homem está preso acusado de ligação com o crime, segundo o site “Morocco World News”.

    Leia também: Vídeo mostra suposto estuprador de Rio Verde sendo recebido na cadeia com pauladas

    Segundo o ministro do Interior, os corpos apresentavam “sinais de violência no pescoço”, provocados por um “objeto cortante”. A família das jovens já foi informada da sua morte pelo Governo de Marrocos.

    A vítima dinamarquesa foi aconselhada a não viajar para Marrocos “por causa da situação caótica”, disse a sua mãe, Helle Petersen.

    De acordo com as informações na sua página no Facebook, Louisa tinha estudado na Noruega para ser guia turística e estava ansiosa por aventuras.

    Notícias ao MinutoMaren Ueland© Facebook/Maren Ueland

    As duas turistas se conheceram na Universidade do Sudeste da Noruega, onde estudavam, e estavam viajando há um mês pela África.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.