• Publicado em

    Venom | Diretor revela easter eggs de Homem-Aranha no filme

    O diretor de Venom, Ruben Fleischer, não teve problemas em uma recente entrevista para Screen Rant em revelar easters eggs do filme. As referências foram tiradas do Homem-Aranha.

    No entanto, não são conexões que vão influenciar na história ou até entregar algum trecho da trama. São apenas detalhes que poderão ser conferido no filme do simbionte.

    “O nome do prédio que Eddie Brock (Tom Hardy) vive é Schuller. Randy Schuller é o nome do fã que sugeriu o uniforme preto ao Homem-Aranha. Existe essa famosa história que ele ganhou US$ 50 por sugerir o uniforme preto que acabou originando o Venom. O escritório que Anne Weying (Michelle Williams) trabalha é o Michelinie & McFarlane (quadrinistas do Homem-Aranha e da criação de Venom). Eddie manda uma mensagem para alguém em algum ponto, pedindo um emprego, e esse é o editor do Daily Globe, Barney Bushkin (Um dos editores do Cabeça de Teia). Nós tentamos colocá-los dentro do filme. Mesmo que seja apenas para contar a origem para os fãs dos quadrinhos. Teve um escândalo com Eddie Brock. Ele tentou expôr o Sin-Eater e isso acaba levando ele a ser demitido, mas não dizemos isso diretamente, estará como uma referência aos quadrinhos”, revelou o diretor.

    Além desses easter eggs que foram revelados, em outra entrevista, Ruben Fleischer prometeu um filme recheado de referências. Assim, os fãs terão muitos detalhes para analisar durante o filme.

    Desenvolvido pela Sony, Venom pretende abordar um lado anti-herói do vilão, e não deve contar com a presença do Homem-Aranha. A ideia do estúdio é estabelecer seu próprio universo compartilhado com personagens do Cabeça de Teia, colocando responsabilidade nos ombros do diretor Ruben Fleischer (Zumbilândia).

    Tom Hardy, Michelle Williams, Riz Ahmed, Michelle Lee e Woody Harrelson compõem o elenco principal.

    Venom estreia nos cinemas brasileiros em 4 de outubro.

    Fonte/observatório Cinema

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.