• Publicado em

    Vídeo: Travesti ‘crucificada’ na Parada Gay de SP diz que foi esfaqueada

    Assistam o depoimento dela em um vídeo que foi postado nas redes sociais.

    A polêmica transexual, Viviany Beleboni, que fez uma cena de que se vestiu como Jesus Cristo e encenou a própria crucificação durante a Parada Gay de São Paulo, disse ter sido esfaqueada, na noite deste sábado (8).

    Chorando, a modelo gravou um vídeo em que afirma que um homem, morador de rua, a reconheceu e esfaqueou o braço da jovem.

    “Se era isso que os inimigos queriam, aí está. Isso não é mentira, eu fui esfaqueada. Estava passando na rua próximo a minha casa e esses marginaizinhos de rua falou que eu não era de Deus, sou um demônio e o que eu fiz eu tinha que pagar.

    Sorte que eu tenho 1,80m e sou homem suficiente. Consegui apartar a situação e ele saiu correndo”, diz no vídeo.

    Viviany aparece com o rosto cortado, braço ensanguentado, nariz inchado.

    A modelo ainda fala que não quis procurar a polícia por medo de represália. “Falam para eu fazer um B.O. Para que?

    Para rirem da minha cara? Eu vou ficar em casa trancada, porque é isso que esses religiosos fanáticos querem.

    Eu tô cansada disso, de ser ameaçada”, rechaça.

    Veja o vídeo:

     

     

    Adaptações Plantão JTI
    Fontes Bocão News
    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.